Choice se valoriza e enaltece o jovem favelado em "Novo milionário"

Choice se valoriza e enaltece o jovem favelado em “Novo milionário”

Lançamento de Rap, Rap Nacional, Trap Music

Choice surgiu no mercado mostrando do que suas ideias, rimas e flow são capazes já com sua primeira mixtape. Apesar de ter apenas 21 anos, milhões de pessoas se sentiram arrebatadas por sua voz em canções como  “Nicole”, “21 balas” e “Favela vive” ou por suas participações no projeto Poesia Acústica. Os shows, as viagens, os problemas, a fama e as turbulências da vida têm tornado o cantor mais maduro, assim como seu som. 

E a comprovação disso está no resultado do seu novo projeto “Pontes”: uma trilogia de singles com vídeos dirigidos por Caio Rosa, que se complementam como uma minissérie. A primeira dessas canções é “Novo milionário”, em que Choice prioriza outros tipos de valores. “Quero olhar pra trás e me orgulhar. Não vou duvidar do que sou capaz. Não vou me humilhar”, já anuncia nos primeiros versos da nova música.

O cantor considera o DJ Renan da Penha, preso em abril deste ano e indicado ao Grammy Latino, um desses novos milionários. “Ele é um cara que está sendo feito de exemplo por um sistema que quer criminalizar nosso funk, nosso Rap. Renan da Penha foi preso em seu auge, trabalhando honestamente, representando a favela. A favela não pode deixar o mano cair no esquecimento”, desabafa.

No clipe, Choice escolhe joias, reflete num cenário paradisíaco e caminha pelos corredores da Uruguaiana, no Centro do Rio entre fotos e selfies . ” As pessoas não devem duvidar de um favelado quando ele disser que pode conseguir algo. Com esse single quero mostrar que o Choice não perdeu a essência e segue incentivando os seus semelhantes a não desistirem dos seus sonhos. O recado principal desta música é : Não lute contra quem você é”, define o rapper.

Choice voltou a fazer freestyle no estúdio e tem curtido o resultado. Ele tem buscado novos sons e temas. “Quero imprimir cada vez mais uma estética nas minhas músicas que as pessoas sintam no momento que apertarem o play. Quero que entrem no meu mundo”, afirma.

Cria do Morro do Atalaia, em Niterói, Choice gosta de rock, de funk carioca e claro, de rap. Ele curte Queen, Titãs e Beatles. Mc Orelha, 50 Cent e Stevie Wonder. Iron Maiden, Snoop Dogg, Led Zeppelin e Sabotage. Toda essa mistura resulta num som autêntico e contemporâneo que faz de Choice um dos principais nomes do RAP nacional.

“Quero que meu som chegue no mundo todo, em vários idiomas. Sonho em estar em um outro país e ver as pessoas cantando minha música. Vão me conhecer”, acredita.

Canal no Youtube de Rap