Revista Rap

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Confira o Entrevistando Quem Produz com Fe Ribeiro

Confira o Entrevistando Quem Produz com Fe Ribeiro



Entrevistando Quem Produz com Fe Ribeiro

O cantor e beatmaker de São Paulo vem crescendo na cena do Rap e lançando sons um atrás do outro, sendo um dos últimos com participação do Mc Dede e hoje Fe Ribeiro é nosso convidado pra trocar uma ideia. Então confira o Entrevistando Quem Produz com Fe Ribeiro.

ENTREVISTA

Revista Rap – De onde surgiu a ideia/vontade de ser um BeatMaker?

Entrevista com Fe Ribeiro

Fe Ribeiro: Em 2014 viajei pela primeira vez sozinho para passar um tempo com um produtor norte-americano chamado Corbin Corona. Nessa viagem pude acompanhar de perto toda a rotina e estilo de vida de um produtor musical. Fiquei fascinado com o que vi. O cara era um alienígena nas produções (haha). Precisava aprender a fazer aquilo… aí voltei pro Brasil, comprei o Logic Pro X e daí começou… Hoje sou formado em produção musical eletrônica.

Revista Rap – Quanto tempo está na cena do Rap?

Fe Ribeiro: Comecei com 15 anos nas rodas de rima e improviso. Com 17 anos lancei meu primeiro single “Mina Firmeza”. São mais de 7 anos envolvido.

Revista Rap – Qual tipo de som mais curte fazer? (Rap, Trap, R&B, outros)

Fe Ribeiro: To bastante na onda do Trap. Meu álbum novo vai chegar recheado deles. E tamo investindo bastante em coisas novas… a música “Sexta Feira” com o Mc Dede que vai misturar Trap e funk mostra bem isso.

Revista Rap – Algum artista/BeatMaker te inspira? Qual?

Fe Ribeiro: Gosto bastante do trabalho do Russ. O cara compõe, produz e mixa as próprias paradas. Foda!!

Revista Rap – Pra qual Rapper gostaria de Trampar, fazer um beat?

Fe Ribeiro: Na cena atual, Matuê. Na cena gringa, seria um sonho trabalhar com o Pharrell.

 

Instagram Revista Rap

Revista Rap – Qual sua visão desse tão falado “Hype”?

Fe Ribeiro: Hype é o termo que a mlkada ta usando pra falar sobre as coisas que estão na moda… Roupas, sons, artistas. (Na cultura do Hip-Hop). É um movimento que bastante gente ta acompanhando e querendo estar envolvido.

Revista Rap – Um dia ele (Hype) vai deixar de existir e ficar na cena quem realmente faz porquê gosta?

Fe Ribeiro: Como tudo na vida um dia passa, se renova, acredito que tem “hypes” que duram e “hypes” momentâneos. Uma parada só é duradoura quando de fato é boa e é verdadeira e original.

Revista Rap – Sua visão sobre o Rap Underground e o Rap atual, o que você acha que mais mudou?

Fe Ribeiro: Tem alguns artistas que acrescentam e somam bastante, com conteúdos inovadores e interessantes, mas também tem bastante gente que imita e não tem originalidade alguma. Como eu disse, o que é bom se destaca. Ou o que é muito zuado também (kkkkk). Se é que me entendem…

Revista Rap – Um rapper ou grupo da nova geração que você acha que ta chegando pra estourar ou fazer nome no rap?

Fe Ribeiro: Matuê.Fe Ribeiro

Revista Rap – Vem novos projetos pela frente?

Fe Ribeiro: Muitos! Além do meu álbum, cheio de participações, também estou trabalhando com outros artistas. Fizemos o acústico de “Louco Pra Voltar” do Filipe Ret, trabalho solo do cantor Denis Pinhoti (Vocalista da banda Fun7), gravamos faixas do Derek da Recayd Mob… muitos outros.

Revista Rap – Atualmente você vive da música? Se sim, a partir de quando?

Fe Ribeiro: Vivo. Há 2 anos que eu venho progredindo com os meus negócios. Tenho a minha empresa e hoje somos um selo independente que emprega funcionários e roda por si só.

Revista Rap – Se você tivesse que fazer o último beat da sua vida hoje, como seria e para quem seria?

Fe Ribeiro: Seria pra mim mesmo… algum beat acústico, com um tom de despedida (haha).

 



Esse foi o papo com Fernando Ribeiro e deixaremos abaixo suas redes sociais e alguns trampos para vocês acompanharem.

Instagram: @feribeiromusic

FaceBook: Fe Ribeiro

 

 



 



Canal no Youtube de Rao

Você pode gostar:

Deixe um comentário