Anúncio

Joe Budden responde a Eminem: “Ele deve parar de me fazer diss”

Diss para Eminem Slim Shady
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Joe Budden descarta seus comentários anteriores de Eminem.

A briga entre Eminem e Joe Budden remonta anos e sempre que o primeiro lança novas músicas, os fãs passam algum tempo dissecando o conteúdo lírico para ver se conseguem interpretar alguma sombra de Budden no mix .

Na maior surpresa do ano até agora, Eminem lançou um álbum de choque na semana passada chamado Music To Be Murdered By , que apresenta Juice WRLD, Young MA, Don Toliver e membros do Slaughterhouse.

Sem surpresa, Budden não foi um dos membros do Slaughterhouse que apareceu no álbum, o que faz sentido, considerando seus comentários recentes sobre os laços do grupo com a Shady Records.

Existem algumas linhas no projeto que claramente têm a ver com Joe, incluindo a letra “Traitor Joe”, e o rapper aposentado agora está se destacando em seu podcast, sugerindo que eles simplesmente colocem suas diferenças de lado.

Conforme relatado pelo HipHopDX , Joe Budden conversou com Eminem no episódio 314 do The Joe Budden Podcast . Falando na barra “Lock It Up”, na qual Em cospe “Try’na save at Kroger, então por que eu daria a mínima para o Trader Joe por causa de uma punhalada nas costas?”, Budden tinha o seguinte a observar:

“Trader Joe, Trader Joe, Trader Joe – isso é doloroso”, disse ele. “Isso não está certo! Isso é ofensivo, cara. Comerciante Joe? Eu sou Joe. Você está me dizendo que Joe é um traidor? Da mesma forma que eu sinto que [Eminem] deveria parar de desrespeitar lorde Jamar, ele deveria parar de me desrespeitar. Ei , o que quer que tivéssemos, essa troca quando você fez todas as [entrevistas com Sway], e sempre que eu disse o que disse no pod, é um momento. Tivemos a nossa troca. Acabou. Em 2020, não posso abrigar negatividade não apenas em relação a um dos melhores rappers, mas a alguém com quem não estou com raiva. É disso que eu preciso parar de fazer. Não fico brava com as pessoas que entro e mato. Não há hostilidade depois disso. “

Em outro lugar do podcast, Joe Budden discute o documentário recém-lançado sobre Aaron Hernandez, a camarilha de Lori Harvey, o desespero de Justin Bieber e Selena Gomez em deixar Roddy Ricch e muito mais com seus co-anfitriões. Confira abaixo.

Anúncio