Anúncio

NBA estuda liberar uso da maconha e Kevin Durant comenta sobre o caso

NBA estuda liberar uso da maconha e Kevin Durant comenta sobre o caso
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O astro do Nets, compara o uso das substâncias ao consumo de café.

A NBA e a NBPA (Associação Nacional de Jogadores Profissionais) fecharam um acordo para suspender testes de drogas recreativas – como a maconha – durante as finais na Disney. Além disso, a NBA estuda retirar teste que detecta o uso de Canabis.

Kevin Durant foi um dos astros da NBA que publicamente defendeu a liberação da droga por parte da liga. Segundo KD, muitos atletas também usam a droga para evitar dores, por conta do volume de jogos e treinos.

Getty Images

“Se você a ama, você a ama. Se não é a sua preferência, você nem vai experimentar. Maconha é maconha. Não é prejudicial a ninguém. Apenas ajuda a melhorar as coisas. Na minha opinião, não deve ser um tópico de discussão”, explicou o jogador. Ele ainda faz uma comparação utilizando o café como exemplo: “Todos no meu time bebem café. Tomam cafeína todos os dias. Os caras costumam beber vinho após as partidas ou tomam um drinque aqui e outro ali. Marijuana deveria estar nesta conversa”.

Yuri Fonseca, especialista em NBA, comentou sobre o assunto:

“De certa maneira a NBA pensa em emular a liberação da Canabis, assim como é feita em alguns estados nos EUA. É evidente que a liga não irá parar de fazer exames anti dopagem nos atletas, mas o uso recreativo da droga não passará a ser um problema. Para mim, a questão da liberação da maconha é muito complexa, envolve direitos estatais e governamentais, mas, é quase que acreditar no coelhinho da Páscoa que grande parte dos atletas (talvez até da população mundial) utilizam. Afinal o manjericão também vem da terra, e é liberado né?”

Anúncio