Anúncio

O Limce solta single “Suave na Nave”

O Limce solta single "Suave na Nave"
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

“Suave na Nave” chega como um pedido de um universo do Rap mais suave. Confira!

Nada melhor do que chegar ao final de um ano tão repleto de altos e baixos de um jeito bem suave… É o que pede o novo single autoral do rapper carioca O LIMCE (@olimce), “Suave na Nave”.

A música, é um pedido por mais verdade e por mais suavidade no meio do Rap, foi a primeira parceria do rapper com a produtora Mix Lab, em ascensão no meio do rap, dos jovens produtores musicais 2F U-FLOW (@2f_uflow), responsável por masterizar o single; e Medeirin (@medeirin_), que co-criou os beats com o Limce e mixou o single.

A capa do single também é especial: uma criação exclusiva para a música, de arte em colagem digital, feita pelo designer e artista carioca Rafael Fuly (@fuly_rafael).

“Suave na Nave” traz em seus versos um chamado para que o universo do rap seja mais suave, com mais consciência, e para que haja mais respeito à memória ancestral. Ao mesmo tempo em que pede essa suavidade, O LIMCE também chama a atenção para o quanto rimas que ofendem e a ostentação podem ser prejudiciais no meio. 

O artista manda o seu “papo reto” em versos provocativos como: “Por aqui… // A missão é sinistra no ir e no vir // Quem devia ajudar, atrapalha // É o boné, é um cordão, é o falso MC // É o tempo encurtando, é o verso que arrasta // A bandeira, a divisa pra dissuadir // Pano sujo os moleque, é a rima que ofende”.

"Suave na Nave O Limce
Capa “Suave na Nave”

“Eu sempre achei que, em muitas rimas e analogias do rap, o coração não fala. Em ‘Suave na Nave’ eu falo do que entendo como falta de suavidade e de conteúdo no meio e nas rodas. É importante estar suave e buscar isso.”, desabafa o artista, nascido e criado na Baixada Fluminense, autor dos beats e da letra da música..

No primeiro trabalho com Medeirin, O LIMCE explica que o produtor fez uma “transliteração” das bases criadas por ele. “Ele acrescentou uma visão diferente, trazendo um frescor que deu personalidade aos beats”.

No refrão, “Tudo tem que estar, suave na nave, malandragem…”, a música traz um recado para quem faz rap de não pensar no momento, mas sim no orgulho e na importância do que se faz, lembrando que o rap é, acima de tudo: mensagem. 

“Acho que o principal recado de SUAVE NA NAVE é que quando você quer encontrar a plenitude, seja no meio do rap ou em qualquer lugar, você precisa expandir a cabeça e não o exterior”, conclui.

Ouça abaixo.

Anúncio