Recayd Mob lança “Mlks de SP” com suposta diss para Pedro Qualy

Recayd Mob lança "Mlks de SP" com suposta diss para Pedro Qualy
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O verso de Dfideliz foi um ataque direcionado ao MC dos dreads loiros.

No dia de hoje, 4 de Junho de 2020, o coletivo de trap Recayd Mob, soltou em seu canal do YouTube o videoclipe da nova faixa, intitulada de “Mlks de SP”. Com uma suposta diss para o rapper Pedro Qualy do Haikaiss.

Com linhas de fogo, os rappers Derek, Dfideliz, Igu e Jé Santiago, fizeram uma mistura de versos intensos e bons flows. Dé, com seu tom de voz natural agradou muito os fãs, que sempre o criticaram por copiar o Playboi Carti. Já Fideliz, com sua mesma agressividade, dedicou seu verso inteiro para um suposto MC dos dreads loiros. Com uma letra a altura de seus maiores hits, o rapper Japonês não decepcionou e cumpriu seu papel de acordo com o tema do som. Por último, temos o Jovem Santi, sempre inovando quando o assunto é levada, seu verso disparadamente traz o flow mais empolgante da faixa.

Mas, uma coisa que ficou bem clara, além do talento desses meninos para com o trap, foi a suposta cutucada que Dfideliz trouxe em suas barras explosivas. O rapper versa: “Pode tenta, pode me copia po pega nosso sample que eu acho gostoso”, com uma possível referência a música Gangorra do grupo Haikaiss, onde existe o sample da música Plaqtudum. Ele ainda continua: “Eu percebi que eles tão tão perdido, que fica inventando em bota Dread loiro”, nesse exato momento, supostamente, Fideliz pode estar falando de Pedro Qualy, rapper que possui esse mesmo estilo de cabelo.

Por fim, não sabemos de fato quem o Dfideliz está atacando, só sabemos que é um diss direcionada a um MC que possui essas características, tanto estéticas, quanto profissionais. Inclusive, ele deixou bem claro em uma live em seu instagram.

Veja abaixo o trecho da live:

Anúncio