Anúncio

Thompson processa modelo após teste de DNA

Thompson processa modelo após teste de DNA
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O jogador da NBA processou a mulher por acusa-lo de ser o pai de seu bebê.

A modelo americana Kimberly Alexander acusou o jogador de basquete Tristan Thompson de ser o pai de seu filho. Se isto fosse verdade, o canadense teria traído sua esposa, Khloé Kardashian. O atleta da NBA afirma que a criança não é seu filho.

Segundo ele, após o início das acusações, um teste de DNA foi feito, em janeiro de 2020, em um dos laboratórios mais conceituados dos Estados Unidos, o qual é credenciado pela AABB (Associação Americana de Bancos de Sangue). Como o resultado foi negativo, teria sido confirmado que Tristan não é o pai.

Além disso, de acordo com o que conta Thompson, apesar de realmente já ter ficado com esta mulher, como isto somente teria ocorrido entre 2011 e 2012, a conta não bate com a idade do suposto filho, que teria entre 8 e 9 anos, sendo que, neste momento, tem de 4 a 5.

Entretanto, a modelo continuou a difamar o jogador e sua esposa (ou não?), afirmando que o teste de paternidade foi fraudado. Diante disso, o casal não teve outra alternativa senão processá-la, segundo o advogado, por “espalhar mentiras ultrajantes, incluindo teorias ridículas de conspiração” sobre seus clientes.

O ajuizamento do processo contra a americana foi realizado nesta segunda-feira, 18 de maio, pelo casal que só voltou a residir junto durante a quarentena, embora estivesse separado há mais de um ano. A separação aconteceu depois que o atleta, figura pública muito controversa, se envolveu em outra polêmica, traindo a Kardashian com 5 mulheres (ao que tudo indica).

Anúncio