Revista Rap

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Tudo sobre Emicida | Perfil

Tudo sobre Emicida | Perfil

assassino-mcs-emicidaConheça a história de Emicida

Leandro Roque de Oliveira nasceu em São Paulo, 17 de agosto de 1985, mais conhecido como Emicida, é um rapper, cantor e compositor, donos dos hits “Triunfo”, “Hoje Cedo” e “Levanta e anda”.

Tudo sobre Emicida, o assassino de Mc´s

tudo-sobre-emicidaA morte de seu pai na infância parece ter criado o espírito independente necessário para que Emicida corresse atrás des seus sonhos, junto ao irmão Evandro (Fioti) que sempre agenciou sua carreira, e correu junto na caminhada.

É considerado uma das maiores revelações do hip hop, o nome “Emicida” é uma fusão das palavras “MC” e “homicida”, por causa de suas vitórias nas batalhas de improviso, seus amigos começaram a falar que Emicida era um “assassino”, e que “matava” os adversários através das rimas, mais tarde, o rapper criou também uma sigla para o nome: E.M.I.C.I.D.A. (Enquanto Minha Imaginação Compuser Insanidades Domino a Arte).

As suas apresentações ao vivo são acompanhadas do DJ Nyack nos instrumentais.

Venceu dezenas de vezes a tão consagrada batalha de MC´s do Santo Cruz e da Rinha de MCs.

A revolução do hip hop nacional, 100% independente

revolucao-independente-emicidaSeu primeiro trabalho de expressão veio com a mixtape, “Pra quem Já Mordeu um Cachorro por comida, até que eu Cheguei Longe...” lançada pelo selo LAB, no qual ele fundou, contém 25 canções gravadas ao longo de sua carreira, o disco teve um considerável sucesso no underground do Hip Hop, conseguindo alcançar cerca de 3 mil cópias vendidas de mão em mão.

Mas foi com o single Triunfo, que as portas realmente começaram a se abrir, com cerca de 2.000.000 de exibições no Youtube, em pouco tempo a música se tornou hino do novo Hip Hop.

Tanta notoriedade o levou a participar do VMB daquele ano, mas sem conquistar prêmio algum.

Sua segunda mixtape, Emicídio, já teve uma nova repercussão, participações de outros artistas como Kamal e Rael da Rima abriam espaço para novas sonoridades.

Pelo mundo a fora

pelo-mundo-fora-emicidaO sucesso o levou para o Coachella, um dos maiores festivais de música, tendo artistas como Eminem e Snoop Dog, realizando um show por lá em 2011, um marco em sua carreira.

Outros festivais foram aparecendo, Rock in Rio, SWU, Creators Project e Sónar, e Emicida ia construindo o seu sonho de viver da música sem ao menos ter lançado um álbum de estúdio.

Das ruas de São Paulo, para a consagração mundial

sao-paulo-consagracao-emicidaOs duetos realizados entre ambos surgiram como projeto solo para o SESC, mas aos poucos foram ganhando cada vez mais datas pelo país até que em 2013 acabaram gravando um CD e DVD ao vivo entre Criolo e Emicida

Em seu primeiro disco de estúdio, Emicida, O Glorioso Retorno de quem nunca esteve aqui, ganhou o Brasil inteiro, com sucessos como “Hoje cedo” com a cantora Pitty e “Levante e anda” com Rael, além de ter sido documentado, em uma web série no Youtube do Rapper,

Já em Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa…, seu segundo álbum de estúdio, Emicida, mais uma vez surpreendeu a todos, com músicas que tocou o coração de todos, uma das principais faixas do disco é “Mãe” que hoje o clipe passa dos 10 milhões de visualizações,
“Madagascar” “Boa esperança” entre outras, além do disco ter sido distribuído pelo Sony Music e ganhar uma indicação ao Grammy Latino.

Após alguns singles, e muitos shows, Emicida em 2018 está com tudo, mais uma vez, com o lançamento de “Pantera Negra” Emicida, teve uma grande surpresa, e foi muito bem aceito pela crítica, não só musical, mas pelos fãs de quadrinhos e heróis, a música foi um dos temas do filme e Emicida pode levar ainda mais longe seu nome.

Logo após tudo isso, Emicida, fez algo inédito no cenário do Rap Nacional, e lançou seu Dvd “Triunfo” nas telinhas dos cinemas espalhados pelo País, que reúne alguns dos hits de sua longa jornada, com muitas participações, como Pitty, Rael,Guimê, Karol Konka entre outros, e o poucos sabem Emicida fazia parte do grupo “Na humilde Crew” com Projota e Rashid e hoje todos estão consolidados e sendo referencias.

Agora em seu último laçamento, ele movimentou a cena, deixando essas referências em evidencia, com “Inacio da catingueira” que já passa de 1 milhão de visualizações.

Principais Músicas de Emicida

Últimas matérias

Você pode gostar: