Você sabia que o rapper Dababy matou uma pessoa no Walmart?

Dababy matou no Walmart
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

DaBaby foi condenado por esse acontecido em 2018.

DaBaby esteve em um tribunal da Carolina do Norte em uma quinta-feira (27 de junho), onde foi condenado por seu envolvimento em um tiroteio fatal em 2018. Mas de acordo com o The Charlotte Observer, os promotores decidiram não fazer mais nenhuma acusação contra a crescente estrela do rap.

Escritório porta-voz de Mecklenburg District Attorney Meghan McDonald disse como um resultado do julgamento, ele foi receber um ano de liberdade condicional sem supervisão.

DaBaby foi acusado por ter matado a tiros Jalyn Domonique Craig, de 19 anos. O incidente ocorreu durante uma briga dentro de um Huntersville Walmart em novembro passado.

Canal no Youtube de Rap

Dois dias após o tiroteio, DaBaby pulou nas mídias sociais e explicou que estava na loja fazendo compras com suas duas crianças e sua mãe quando alguém puxou uma arma “e tentou tirar minha vida”. Então, ele diz que fez o que precisava Faz.

“A filha poderia ter sido atropelada, o filho poderia ter sido atropelado (e) em mim”, disse DaBaby no vídeo. “Advogados … me dizendo para não dizer nada… Mas duas pessoas se aproximam de você e de toda a sua família … ameaçando-a, sacando (uma arma) a você, deixe-me ver o que você vai fazer. Faz.”

A polícia identificou todos os indivíduos envolvidos no tiroteio e quatro pessoas foram levadas ao Departamento de Polícia de Huntersville para serem entrevistadas.

A prima da vítima, Quinae Horsley, de Charlotte, disse que “a família está satisfeita” com o veredicto desta semana do juiz do Tribunal Distrital Ty Hands, mas eles ainda estão buscando justiça. A família está contratando novos advogados para solicitar novas ações no caso.

Anúncio